Alegrias e medos ao descobrir a gravidez gemelar!

Olá!!!!

Neste post quero compartilhar com vocês as alegrias e os medos de ser Mamãe de Gêmeos!

Todo mundo que passa por uma Reprodução Humana sabe das possibilidades de gravidez de múltiplos!

O Conselho Federal de Medicina determina a quantidade de embriões que poderão ser implantados no útero materno, conforme a idade atual da futura Mamãe.

Mulheres até 35 anos, no máximo 2 embriões, entre 35 e 40, 3 embriões e acima de 40, máximo de 4 embriões.

Eu tenho 33,  por isso apenas 2 embriões foram transferidos para o meu útero!

Como eu sempre pesquiso muito sobre FIV (Fertilização in vitro) e sobre tudo referente ao tratamento, eu sabia que se o meu Beta HCG fosse acima de um tal valor, poderiam ser gêmeos.

Mas um fenômeno também poderia ocorrer, em alguns casos os embriões se dividem e viram gêmeos idênticos!

Não foi o meu caso, em mim, os dois embriões implantados, vingaram!

No nosso primeiro Ultrassom, já fui desconfiada!


Durante o exame a médica examinou e me disse tudo sobre o saco gestacional, a vesícula vitelínica e o pequeno embrião.... aí eu perguntei:  "Então é apenas um bebê, né?"  Ela disse que sim.  Aí justifiquei, disse que tinha feito FIV e implantado dois embriões.   Neste momento ela virou o aparelho de Ultrassom dentro de mim e lá estava o meu segundo bebê!   Tudo perfeito!


E o marido ainda pediu para ela procurar para ver se não tinha mais!  hahahaha....
Saímos da sala chorando de felicidade!

Depois de passar por dois abortos, receber a notícia que seria Mamãe de Gêmeos é um grande prêmio de Deus!

As semanas foram passando, a gravidez evoluindo e após o momento em que comecei a contar para as pessoas que eu estava grávida de gêmeos, pude notar que algumas me olhavam com cara de "dó", de piedade.
Algo como:  "Coitada, vai ser mãe de gêmeos!"
Outras pessoas, dão tapinhas nas costas do meu marido e dizem: "Preparem-se, dá trabalho..."

Notei que não são poucas pessoas que tem essa reação.
Ahhh e normalmente são desconhecidos.
Sabe quando estamos na fila de prioridade do mercado e alguém puxa papo perguntando se é menino ou menina?  Pois então....  Normalmente são nessas situações que eu ouço as maiores barbaridades!  hahaha...

Essa semana peguei um taxi com uma motorista e ela só faltou me abraçar e lamentar o meu "estado".

Mas confesso que a situação que mais me incomoda são aquelas pessoas que cismam em me contar sobre casos de prematuros extremos, de bebês gêmeos que não sobreviveram, que mães que tiveram inúmeros problemas durante a gestação gemelar e ainda completam com:  "Que triste, você será mãe de UTI"

Gente!  Eu sou realista e sei que pode acontecer, que infelizmente acontece, que existem casos.... mas qual a necessidade de contar essas histórias para uma futura mamãe? Ainda mais de primeira viagem que já cria diversos "monstros" em sua cabeça? Seria "inveja"???? Egoísmo? Ou tentativa de nos "alertar"?

Me lembro quando a minha mãe estava doente (Ela teve câncer de mama e infelizmente faleceu há 5 anos), ela ia no hospital para fazer a quimioterapia e ela chegava de cabeça baixa e saia de cabeça baixa.... ela não queria conversar com absolutamente ninguém, porque não conseguia lidar muito bem com a situação, ouvir casos tristes de pessoas que passaram ou passam pelo mesmo que ela estava passando naquele momento.

Tenho convicção de que as pessoas não fazem por mal.  Talvez eu mesmo já tenho feito algum dia, sem pensar nas consequencias para a pessoa que está me ouvindo.

Mas acontece e temos que saber lidar, não é mesmo?

Muitas pessoas também focam muito no dinheiro que vamos gastar por serem gêmeos.
E realmente!  Já descobrimos que é muito dinheiro mesmo!  hahahaha....

Eu procuro sempre pensar que eu terei dois bebezinhos para agarrar, dois bebezinhos sorrindo para mim!
Amor em dobro, carinho em dobro, benção em dobro!

Estamos cientes de todas as dificuldades, mas nada comparado ao nosso desejo de ser pais,  e pelo que eu e meu marido tivemos que passar..a luta que travamos contra a Endometriose e a Infertilidade...

Somos os papais mais felizes desse mundo!

Gabriel e Mariana estão chegando para completar nossa família e nossa felicidade!

Ufa!  Esse post foi um desabafo!   hahahaha....

Beijos!
Faby
@faby_mamaedegemeos





Share on Google Plus

Sobre Fabiana Cayres

Fabiana, 34 anos, especialista em Tecnologia da Informação. Portadora de endometriose e após quatro tentativas de Fertilização in vitro, tornou-se a mamãe dos gêmeos Mariana e Gabriel. Neste cantinho vou compartilhar com vocês a rotina maluca de uma mamãe de gêmeos que não tem ajuda para cuidar dos pequenos. Sou mamãe de primeira viagem e de gêmeos!

8 comentários :

  1. Fabi, sou gemea de forma natural. EU e minha irma nascemos pre maturas e estamos aqui, vivas, fortes e mega unidas. Temos outros irmão, mas nada se compara ao nosso amor e nossa união. Passei pelo pior momento da minha vida a uns meses e lá estava ela ao meu lado. O importante é ter pensamento positivo sempre. Beijos
    @camilabguedes

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que linda!!!!
      Nossa, eu posso imaginar a união de vcs!
      Eu queria muito ter tido uma irmã, para me acompanhar em todas essas "aventuras".
      Tenho os melhores irmãos do mundo, mas homens são diferentes, né?
      Super beijo lindona!

      Excluir
  2. Faby, fiquei tão feliz por vocês. Sou mãe de gemeas; minhas apressadinhas nasceram de 26 semanas, mas como tudo na vida passa, a fase de hospital tbm passou e agora somos nós e muito amor aqui em casa. Ter gêmeos é uma delicia...falo que Deus confiou tanto em nós que nos mandou 2 anjos de uma vez.
    Curta muito sua gravidez, todas as sensações, aproveite para ser mimada pq depois dá muita saudade do barrigão. Mas nada, nada na vida é mais delicioso do que ter nossos filhos nos braços. Cada sorriso, cada olhar é único e nos prova que fizemos a melhor escolha.
    E olha, minhas princesas tem 4 meses (idade corrigida) e não é esse bicho de 7 cabeças que falam não. Da mais trabalho que um bebê, claro, mas nada que não consigamos gerenciar.
    Parabéns!!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ana!!! Que delícia que é ser mamãe de gêmeos, né?
      Eu estou curtindo demais!
      É muita felicidade!
      Verdade mesmo, Deus nos deu bençãos duplas para cuidar!
      Eu imagino o trabalho, mas tenho certeza que tiramos de letra!
      Parabéns pelas bebês viu!
      Super beijo
      Faby

      Excluir
  3. Fabbbyy muito feliz por vcs gemeos sao uma bencao vc vai ver parabens

    ResponderExcluir
  4. Adorei a história, vim comentar que sou gêmea e nunca fiquei na U. T. I. mas vi o primeiro comentário e achei engraçado, é exatamente assim, eu e minha irmã somos muito companheiras, casei e até hoje minha mãe diz que a minha irmã só vira a mesma quando eu estou lá na casa delas. E realmente conseguimos sentir quando a outra não está bem. É lindo, minha mãe engravidou aos 32 anos depois de tratamento também, 22 anos depois aqui estamos nós. Grande beijo e Deus abençoe vai dar tudo certo. Sz

    ResponderExcluir
  5. Faby! Que alegria ser mãe de gêmeos, mas saiba que a coisa vai ser realmente punk! Eu estou com UM bebê de 22 dias e estou enlouquecendo, rs. Mas é uma delícia e a gente se adapta! Falei um pouquinho no meu blog sobre meu blues puerperal, depois vai ver! http://casadacamilla.blogspot.com.br/2014/12/precisamos-falar-sobre-puerperio-e.html

    ResponderExcluir
  6. Nossa Faby que lindo...ainda to emocionada com o final do post...sei que ja está com os gêmeos no colo,mas imagino o quanto as pessoas ficavam de boca aberta com a noticia de ser 2....eu tenho 1 menina, mas sempre quis que fosse gêmeos kkkk...por mais que dá trabalho em dobro e gastos em dobro, penso que o amor é em dobro também...vc esta certíssima de não ligar pelo que as pessoas diziam...Parabéns.

    www.conexaodemae.com.br

    ResponderExcluir