.

.

Rotina de gêmeos

Oi gente!

Hoje vou contar para vocês como eu consegui estabelecer uma rotina com os meus geminhos.

Quando cheguei com eles da maternidade fiquei bastante preocupada em como ser a melhor mãe para eles, não apenas no sentido afetivo, até porque o que não falta por aqui é amor, rs.  Mas no sentido do melhor conforto para eles.

Li muito e aprendi que os recém nascidos se sentem "perdidos" fora do útero, estavam acostumados a ficar apertadinhos e de repente ganham a liberdade! hahahaha.
Epoca de adaptação para o neném e para a mamãe.

Quando eu estava grávida de 36 semanas eu fui conhecer o pediatra que escolhi para acompanhar os meus geminhos e nessa consulta aprendi que a rotina com os gêmeos seria essencial e mais, bebês adoram rotina, adoram saber que vai acontecer.

OK, eu já sabia o que tinha que fazer, a teoria eu já sabia, agora era hora de colocar em prática.
E lá vamos nós!

Primeiro dia em casa e não consegui seguir rotina nenhuma!  Mal consegui trocar as fraldas! kkk
A primeira noite em casa e eu não preguei os olhos, virei a noite acordada, quando eles dormiam, eu ficava olhando pela babá eletrônica.
Os dias se passaram, o cansaço foi aumentando, mas consegui aos poucos estabelecer uma rotina.  Essa rotina continua até hoje?  Não! Aos poucos fomos nos adaptando, os bebês começaram a me mostrar o que mais agradava e eu fui adaptando a nossa rotina.

Vou começar contando como são os nossos dias hoje, eles completarão três meses daqui uma semana.

Eles acordam por volta de seis horas da manhã, eu amamento e eles cochilam até mais ou menos oito horas.  O Gabriel gosta de ficar na cadeirinha da Fisher Price que eu tenho (sempre mostro ela no Instagram, passem lá), a Mariana gosta de ficar no carrinho.

Eles mamam de três em três horas mais ou menos, mas a amamentação aqui é em livre demanda, ou seja, quando choram, ganham leitinho.  Hoje eles estão bem sincronizados e parecem dois reloginhos, quando um termina de mamar, passa um tempinho bem curto e já está na hora do outro.

Durante a manhã os bebês cochilam um pouco, cochilos de 20 minutinhos, no período da tarde quase não cochilam e me "cobram" bastante atenção, por aqui a criação é com muito apego e eles ganham colinho quando querem e muitos beijinhos!  

No período da tarde eu costumo entretê-los com músicas, eu canto bastante para eles e uso DVDs de músicas, eles adoram e ficam quietinhos ouvindo a mamãe cantar. Com essa idade eles já começaram a dar sorrisos e eu amo ver esses banguelinhas sorrindo.
Eu uso também chocalhos e brinquedinhos para divertir meus geminhos.

As 18:00 começamos o ritual do banho, nesse horário tenho ajuda do marido.
Um bebê por vez, como linha de produção! hahaha
Esse é o único horário que os meus vizinhos ouvem choro de bebê por aqui.
Eles amam tomar banho, mas odeiam tirar a roupa! kkkkkk

Depois do banho os dois mamam e vão para o carrinho.
Já sabem que é hora de dormir.
No início da nossa rotina, quando eles tinham poucos dias, eu demorava aproximadamente uma hora para conseguir fazê-los dormir.  Hoje em menos de 10 minutos já estão dormindo.  Ou seja, não foi sempre assim, com a rotina bem certinha, conseguimos regrar tudo.
Quando eles dormem, eu os coloco nos berços.
A técnica de ninar os bebês no carrinho para mim foi a melhor opção, porque consigo fazer os dois dormirem ao mesmo tempo.

Por volta de 19:00 já estão dormindo.

Nesse momento a mamãe consegue ter um tempo para ela! :)
Tomo banho, janto, converso com o marido, acesso o Instagram e etc.

22:00 impreterivelmente, eu dou o leitinho da "mamada dos sonhos", que é uma técnica utilizada pela "encantadora de bebês", essa mamada, com os bebês dormindo, ajuda o bebê a dormir por mais tempo durante a noite.  Só pode ser utilizada quando o bebê não necessita mais ser acordado para mamar, por isso, sempre conversem com o pediatra dos pequenos.
Essa técnica funcionou muito bem aqui em casa, principalmente com a minha menina Mariana, com 40 dias de vida ela já passou a dormir a noite inteira.  O meu menino, Gabriel, ainda acorda de três em três horas.

Durante a madrugada, eu acordo 01:00 e 04:00 para amamentar o Gabriel.
O sono de mãe é muito leve, no primeiro resmungo dele eu já levanto e vou até o quartinho deles, ao me ver, ele me recebe com um sorriso lindo, coisa mais linda do mundo.  Ele mama e já adormece novamente, nino ele no meu colo por cinco minutos e coloco de volta no berço, depois de três horas, repito tudo.
Mariana só acorda as 06:00.

E assim começamos tudo de novo.

Essa é a rotina que estabelecemos por aqui.
Hoje, com quase três meses completos, nossa vida já está bem mais adaptada, tanto para a mamãe, como para eles.
No começo foi bem mais complicado.
Eu não sabia como era ser mãe, eu não tenho babá, cuido sozinha deles e sem ajuda de familiares.
Fomos nos adaptando, até ter essa rotina estabelecida!

E agora, como em todos os posts, geminhos:


Super beijo
Faby
@faby_mamaedegemeos no Instagram
Share on Google Plus

Sobre Fabiana Cayres

Fabiana, 34 anos, especialista em Tecnologia da Informação. Portadora de endometriose e após quatro tentativas de Fertilização in vitro, tornou-se a mamãe dos gêmeos Mariana e Gabriel. Neste cantinho vou compartilhar com vocês a rotina maluca de uma mamãe de gêmeos que não tem ajuda para cuidar dos pequenos. Sou mamãe de primeira viagem e de gêmeos!

4 comentários :

  1. Faby, então eles dormem sozinhos no quartinho deles desde que chegaram? Meu bebê tá com dois meses, e o quartinho dele não é muito perto do meu, por isso não tive coragem de deixá-lo lá até hoje. Morro de medo dele engasgar e eu não ver. E olha que tenho a babá eletrônica da Motorola, que é ótima! No início vc tinha esse medo?

    ResponderExcluir
  2. Oi Faby, quanto tempo vc leva para amamentar o Gabriel de madrugada? E na mamada dos sonhos eles não acordam? É necessário colocar para arrotar?

    ResponderExcluir
  3. Nossa vc não tem ninguém que te ajuda? Como vc consegue qdo os dois choram juntos? Parabéns!!! Me diz como vc se vira gostaria de saber? Meus gêmeos tem 6 meses. Mas tenho ajuda da minha sogra, pois não é fácil.

    ResponderExcluir
  4. Nossa vc não tem ninguém que te ajuda? Como vc consegue qdo os dois choram juntos? Parabéns!!! Me diz como vc se vira gostaria de saber? Meus gêmeos tem 6 meses. Mas tenho ajuda da minha sogra, pois não é fácil.

    ResponderExcluir