Quando a licença maternidade termina.

Oi gente!

Hoje escrevo com um sentimento muito estranho, uma indecisão imensa de um assunto que há alguns meses atrás eu não tinha dúvidas.

Terminou hoje a minha licença maternidade e eu "travei"!
Assim que eu engravidei e soube que eram gêmeos, eu já havia decidido que eu pararia de trabalhar e me dedicaria 100% à maternidade, mas agora, que chegou a hora de ir até a empresa e pedir demissão, confesso que me bateu uma dúvida enorme.

Estudei vários anos, me especializei e agora vou deixar tudo de lado?
E com essa crise financeira que se abateu no nosso Brasil, como pedir demissão sabendo que a situação financeira do país que moro está cada dia pior e sem previsão de melhora?

Eu trabalhando sei que posso de alguma forma proporcionar mais conforto para os meus filhos, porém sei que ao escolher voltar a trabalhar estarei perdendo grande parte da vida e da evolução deles.

Trabalharia das 08h às 17h, sairia de casa deixando os bebês dormindo e chegaria em casa na hora de coloca-los para dormir, ou seja, não conseguiria interagir em momento algum com eles durante a semana.

Sou especialista em tecnologia da informação e nessa área muitas vezes é necessário realizar horas extras para entrega de projetos e sendo profissional eu precisaria me comprometer com a empresa.

Porquê tem que ser tão difícil?

Eu quero proporcionar aos meus filhos tudo de melhor, quero ser a melhor mãe que eles podem ter.
Vocês sabem que eu lutei muito para me tornar mãe e isso também é um fator decisório para mim.

Penso em todas as possibilidades e não consigo chegar a uma decisão, por esse motivo, hoje solicitei à empresa os 15 dias de licença amamentação e mais 30 dias de férias para poder decidir com 100% de certeza e não me arrepender depois.
Vou utilizar esse período para curtir ainda mais os meus geminhos e focar na melhor decisão.

Converso bastante com o meu marido sobre essa situação e ele me deixa livre para decidir a melhor forma para mim.

E assim vamos seguindo.
Conto para vocês assim que decidir.

Vejam os meus super heróis:


























Beijos
Faby
@faby_mamaedegemeos no Instagram

Share on Google Plus

Sobre Fabiana Cayres

Fabiana, 34 anos, especialista em Tecnologia da Informação. Portadora de endometriose e após quatro tentativas de Fertilização in vitro, tornou-se a mamãe dos gêmeos Mariana e Gabriel. Neste cantinho vou compartilhar com vocês a rotina maluca de uma mamãe de gêmeos que não tem ajuda para cuidar dos pequenos. Sou mamãe de primeira viagem e de gêmeos!

4 comentários :

  1. Eu acabei curtindo Matheus 1 ano e 4 meses. E retornei ao trabalho e estudo. Mas agora que ele tem qs 4 nao quero mais. To de férias e tentado descobrir o q faço.... Bjus e boa sorte na sua decisão.
    www.matheusmeucoracao.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  2. Faby.. Eu entendo sua indecisão, acho que todo mamãe passa por isso. Eu não sou mãe, ainda, mas é o meu maior sonho assim como você sonho com isso desde pequena. Porém também estudo faço pedagogia e faço por amor!!! Quero crescer profissionalmente!! E quando eu tiver filhos com certeza trabalharei menos mas não deixarei meu emprego porque lutei mt por isso, somos mulheres e mulheres são fortes conseguem da conta de tudo essa é a mulher moderna que lutou pela sua liberdade. Enfim, espero que você encontre a melhor solução pra você e para os seus filhos beijos 💕

    ResponderExcluir
  3. Faby te acompanho no insta e acho sua historia maravilhosa.
    Coloca nas mãos de Deus que ele te dará a melhor decisão.
    Quando engravidei tinha uma loja de Decoração de Festas, e no final da gravidez optei por vende-la, pois iria ficar muito corrido cuidar da loja e do bebe, e não me arrependo, hoje trabalho de casa, no tempo que ele esta dormindo, ou esta quetinho, e pra mim foi a melhor coisa que fiz, pois estou curtindo cada momento do meu pequeno, mais coloca nas mãos de Deus.

    beijus

    https://coisinhasdajujuh.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  4. Oi Faby,bom dia !!! Fiquei encantada com seus geminhos e com sua história, parabéns! !! Olha sou mamãe do Davi Lucas de 1 ano e 6 meses, trabalho pela manhã de 7 as 13:00 quando saiu ele está dormindo, ele fica com meu marido por que ele trabalha de madrugada, a tarde 13:00 Davi vai pro Colégio e só sai as 17:00 enquanto ele está na escolinha eu estudo e faço trabalhos da faculdade, sou estudante de Administração , e cuido da casa, quando da a hora de ir buscá -lo ja vou prontinha para ir para aula ou seja não tenho tempo com meu pequeno e não vou mentir pra você não essa situação é uma faca de duas po

    ResponderExcluir