.

.

A função do pai na minha visão


(Por Igor / @PapaiPig)

Atualmente os país querem se envolver cada vez mais na educação dos filhos, o que eu acho louvável e fundamental,  por isso, antes de ser pai, eu me perguntava: “Qual é a real função paterna?” “Em que a sua função é complementar, ou paralela, a função materna?” “ O que lhes distingue?” Qual é a missão do pai? O que eu sabia é que nenhuma mãe pode substituir a função paterna e vice-versa...

E para encontrar essas repostas, vamos começar definindo a função materna...Para mim, a função materna é muito complexa e bela, cabe a mulher ser fonte de alimento no início da vida dos bebês, de aconchego, de abrigo, segurança, afeto, proteção, calor, enfim, a mulher, a mãe, representa o amor incondicional. Já o pai, para mim, deve exercer uma função de “desprendimento” do seio materno, ou seja, o pai deve educar os filhos no sentido etimológico da palavra “fazer sair, conduzir para fora com cuidado”.

Então, penso que a função do pai é de conduzir os filhos para o mundo a fim que ele desenvolva a sua identidade fora do seio, e da simbiose materna, e lembrar  a mãe que ela é também uma mulher, uma (sua) amante, esposa e não somente “mãe”. Se a mãe representa o amor exacerbado, o homem representa os limites, as fronteiras, a “separação” psicológica.

A criança tem a necessidade de toda a atenção da mãe para descobrir o seu potencial, mas ela também precisa das orientações do pai para conhecer seus limites e aprender a ter atenção com seu entorno. A criança aprende com a mãe que ela é o “centro do universo”, do seu universo, e ela deve aprender com seu pai que existe um universo com o qual ela deverá se socializar e colaborar para ser feliz.

Para  mim, a função paterna, em geral, se manifesta em alguns pontos principais, são eles:

1    1. Proteção: O homem do 21º século deve assegurar, no âmbito, no seio da sua família, uma segurança emocional para seus filhos, e também para sua mulher (uma das principais demandas femininas atuais) para que o ambiente do lar seja propício para o bom desenvolvimento psíquico das crianças e de todos. Para isso, o homem (pai) deve ser “presente” fisicamente e psicologicamente na vida familiar.

2     2. Educação: O pai deve facilitar e promover aos seus filhos a aprendizagem do controle de si mesmo, a criança deve saber controlar a satisfação imediata de “desejos”  supérfluos, e  aprender a ser paciente.

   3. Iniciação a vida: O pai deve, também , na minha opinião, ter a função de humanizar,  ou seja, preparar a criança as frustrações futuras da vida, e inerentes a qualquer pessoa, essa iniciação as regras da sociedade é fundamental, caso contrário, nenhuma vida social é possível, esse é um grande problema que se não tratado pode levar a criança a ser um delinquente, vale lembrar que as crianças acham que “tudo podem”.

 4. Manutenção da identidade: Sim, cabe ao pai acompanhar a mulher durante o pré-natal, nascimento, e desenvolvimento do bebé, uma excelente oportunidade de desenvolver a sua paternidade, mas cabe ao pai também preservar a identidade da criança de forma que ela possa se “separar” do elo materno de forma natural, fazendo que a mulher encontre a felicidade que existe dentro da mãe.


Mas não podemos esquecer que cabe ao pai também exercer a sua função “materna”! Manter uma relação amorosa e afetuosa entre pai e filho, ajuda a criança a construir uma identidade forte e equilibrada. E as meninas que recebem um bom apoio emocional do pai durante a infância e adolescência se tornam pessoas com alta estima e confiança para enfrentar as adversidades da vida e toda a complexidade e beleza que é ser mulher!
Share on Google Plus

Sobre Fabiana Cayres

Fabiana, 34 anos, especialista em Tecnologia da Informação. Portadora de endometriose e após quatro tentativas de Fertilização in vitro, tornou-se a mamãe dos gêmeos Mariana e Gabriel. Neste cantinho vou compartilhar com vocês a rotina maluca de uma mamãe de gêmeos que não tem ajuda para cuidar dos pequenos. Sou mamãe de primeira viagem e de gêmeos!

2 comentários :

  1. Tive um pai muito ausente nessas funções e sinto falta consciente e inconscientemente tenho problema de auto estima e dificuldade de me relacionar com pessoas e principalmente com homens😔... Portanto papais, sejam protetores das suas filhas para que elas possam ver a figura masculina como proteção, amor, carinho e não com medo ou ameaça...
    Parabéns Igor por ser essa figura não só para Mariana, mas também para Faby que é uma pessoa linda e merece todo o amor que você dedica à ela. Bju família linda 😚😚😚😚

    ResponderExcluir
  2. Gostei muito do texto!! Meu marido é um pai e tanto, muito companheiro, amigo, tudo!! Viva os verdadeiros pais!!

    ResponderExcluir