.

.

O que um marido pode fazer para ajudar sua esposa a superar um tratamento de fertilidade?

Oi gente!
Tudo bem?

Vocês sabem que passar por uma fertilização in vitro não é nada fácil, principalmente para o psicológico do casal.

Falamos sempre que não existe mulher ou homem infértil e sim casal infértil.
Dessa forma mostramos o companheirismo do casal e de fato, se o casal não estiver em sintonia, a "tempestade" pode ser maior do que o amor, infelizmente.

Conhecemos alguns casos de casais que não suportaram e acabaram se separando durante os procedimentos.

Por isso, o meu marido, @papaipig escreveu um texto de como o marido pode ser um ótimo companheiro nesta grande jornada na luta por um filho.

Ele foi o meu maior e único motivador.  Como nós não contamos para ninguém que faríamos os tratamentos, ele foi o meu único confidente.

Leiam abaixo o texto do meu marido, Igor.

INFERTILIDADE, COMO AJUDAR A SUA MULHER?

Vamos falar de infertilidade? A infertilidade pode ser um teste para qualquer relacionamento, para nós não foi diferente, porém com o suporte emocional mútuo e trabalhando juntos, conseguimos  reduzir o estresse diário que esse tratamento causa. A infertilidade pode também enfraquecer ou fortalecer o relacionamento do casal. Não engravidar ainda pode afetar a autoestima e a sexualidade do casal, pois a maioria das pessoas vê a fertilidade como uma consequência lógica da sexualidade de um casal.

E a medida que o tempo passa, o casal pode achar que o sexo perde o seu aspecto prazeroso e torna-se uma tarefa. Podem perder a espontaneidade, já que os procedimentos médicos,  e sexo esquematizado podem tirar o divertimento de sua vida sexual. Isso, por si só, já abala a vida do casal, e se associado a toda a expectativa gerada por esse tipo de tratamento, o papel do marido para a manutenção do equilíbrio do casal é fundamental.

 E o que um marido pode fazer para ajudar a sua esposa superar a infertilidade e passar, da melhor forma, sob o estresse desse tipo de tratamento?

1. Ser um ouvinte. Deixe-a saber que você está disponível para ela. Enquanto estiver ouvindo, tente manter uma mente aberta e seja companheiro. Lembre-a de que você a ama não importa o que aconteça!

2. Ser sensível. Não tente fingir que tudo está as “mil maravilhas”, ou é algo simples de resolver, não é! Não podemos banalizar os sentimentos dela.

3. Ser extremamente paciente. O tratamento da infertilidade é um processo que toma tempo. Não há garantias, nenhuma resposta certa, e nenhuma escolha rápida. Precisamos ter  paciência com seus sentimentos e não minimizá-los.

4. Manter-se informado,  para que quanto mais informação você tiver, mais decisões sábias você tomará.

5.  Jamais esquecer que são um casal, e fazer as coisas como um casal, sair, passear, viajar, ajuda a sentir que existem outras coisas na vida além da infertilidade.

Foi isso que eu fiz com a mamãepig,  e estou certo que esses pontos foram determinantes para a nossa vitória!





















Beijos
Faby e Igor
Share on Google Plus

Sobre Fabiana Cayres

Fabiana, 34 anos, especialista em Tecnologia da Informação. Portadora de endometriose e após quatro tentativas de Fertilização in vitro, tornou-se a mamãe dos gêmeos Mariana e Gabriel. Neste cantinho vou compartilhar com vocês a rotina maluca de uma mamãe de gêmeos que não tem ajuda para cuidar dos pequenos. Sou mamãe de primeira viagem e de gêmeos!

0 comentários :

Postar um comentário